SIT/ FLEXI

 

Entrou em funcionamento no dia 2 de novembro, terça feira, a título experimental no Concelho da Lousã, o projeto “SIT Flexi, serviço de Transporte Flexível a Pedido da Região de Coimbra”, uma solução desenvolvida pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra em articulação com os Municípios.

O SIT Flexi, Serviço de Transporte Flexível a Pedido da Região de Coimbra, é um projeto financiado pelo PART- Programa de Apoio à Redução Tarifária, com a comparticipação da Autarquia e que, no Concelho da Lousã, conta com a adesão de 11 taxistas que irão assegurar o serviço.

O projeto contempla 5 rotas que integram as 4 freguesias. As tarifas têm preços que variam entre 1,05€ e 2,80€ dependendo da deslocação.

A central de reservas funciona de segunda a sexta-feira, entre as 9h e as 15h, sendo que as reservas deverão ser efetuadas até às 15h do dia anterior ao dia da viagem, através de uma chamada gratuita para o número de telefone 800 200 201.

As paragens estão assinaladas através de placas colocadas nos respetivos pontos de encontro dos locais abrangidos, sendo que, em caso de dúvida, os utentes devem contactar a referida central de reservas.

Este projeto tem como objetivo principal colmatar limitações ao nível do acesso ao transporte público convencional, oferecendo acessibilidade em áreas isoladas e dispersas. O Transporte de Passageiros Flexível permite dar resposta a necessidades de mobilidade específicas das populações mais envelhecidas e/ou com mobilidade condicionada que necessitem de um serviço de maior proximidade. O SIT FLEXI é um serviço complementar à rede de transportes pública regular (SIT RC – Sistema Intermunicipal de Transportes da Região de Coimbra) e pretende aumentar o grau de cobertura do mesmo através de um serviço mais eficiente e flexível.

Com este tipo de serviço de transporte, procura-se proporcionar melhor qualidade de vida às populações, garantindo-lhes a possibilidade de se deslocaram à sede de concelho, por exemplo, de forma a colmatarem variados tipos de necessidade, como serviços médicos, serviços públicos, farmácia, alimentação, entre outras.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *